IMAGEM DA CRIANÇA

Imagem da criança

A educação não acontece apenas em situações formais, organizadas e institucionalizadas (aprendizagem escolar e pré-primária), na sua maioria acontece no dia-a-dia, a brincar e em situações de vida reais. A brincadeira pode ser vista como a forma mais antiga e natural de aprendizagem infantil. De uma visão pedagógica e psicológica mas, mais ainda, numa visão biológica, brincar e aprender têm claramente o mesmo significado. O nosso papel como educadores é reconhecer as crianças na sua personalidade, estimulá-las e apoiá-las individual e totalmente, ajudá-las na sua conquista de independência e auto-desenvolvimento em grupo.

Fase de adaptação

A fase de adaptação é para nós muito importante pois constitui o pré-requisito básico para a formação da relação. Orientamos este período consoante as necessidades individuais de cada criança e dos pais. Durante a adaptação, a criança entra em contato com um novo ambiente com a ajuda da pessoa de referência e pode, com segurança, descobrir o seu redor. Para além disso, irá familiarizar-se com a rotina diária e os rituais do jardim infantil. O objectivo do período de adaptação é facilitar à criança a separação do familiar de referência e, paralelamente, construir uma relação estável e consequente com os educadores e com as outras crianças. Este período possibilita também aos pais familiarizarem-se com o nosso trabalho pedagógico e com a rotina diária do jardim infantil, facilitando a relação de confiança.

Transição para a escola

Como jardim infantil temos por objetivo preparar as crianças o melhor possível para a escola. Os objectivos descritos abaixo são, para nós, de grande relevância:
 

Aptidão escolar emocional
 

A criança encontra-se numa posição em que não desiste imediatamente em tarefas mais difíceis. Não tem medo de novas situações. Usa competências de aprendizagem existentes para encontrar uma solução, se uma tarefa não foi executada na primeira tentativa.
 

Aptidão escolar social
 

A criança consegue ouvir com atenção outras pessoas. Sente-se implicada quando o professor fala para todos no geral. Consegue compreender regras importantes, negociar conflitos e encontrar compromissos.
 

Aptidão escolar motora
 

A criança tem uma boa coordenação mão-olho. O sentido de tato encontra-se desenvolvido. A criança consegue gerir situações de stress.

Aptidão escolar cognitiva
 

A criança tem resistência, mostra-se atenta e consegue concentrar-se durante um certo período de tempo.
Estas áreas de aptidão escolar não devem ser vistas como objetivos educativos que serão testadas aquando da ingressão escolar. Dar importância a estes objetivos ajuda a reforçar as competências já adquiridas.


O jardim infantil tem uma cooperação com a Escola Bilingue de Ensino Básico Europeia “Neues Tor”. De forma a aproximar gradualmente as crianças da realidade escolar, desenvolvendo a sua confiança, visitamos com elas no ano anterior à ingressão na escola, uma aula de língua e uma de desporto, assim ficam a conhecer o edifício da escola, a parte exterior, a biblioteca e a zona de tempos livres.

Viagem de fim de ano

Uma vez por ano, normalmente na Primavera, realiza-se uma viagem para as crianças da pré-primária. A excursão tem uma duração de três noites no máximo e localiza-se na área de Berlim. Para as crianças da pré-primária é uma forma de se despedirem do período no jardim infantil.